30 dias de sexo: 15ª posição sexual permite penetração profunda | +ATIVA 30 dias de sexo: 15ª posição sexual permite penetração profunda – | +ATIVA

Últimas Notícias

30 dias de sexo: 15ª posição sexual permite penetração profunda

15, maio 2018 | Por Redação

iG Delas

Quer apimentar as coisas na cama, mas não sabe como? Nós sugerimos posições sexuais diferentes para você testar e se divertir com seu parceiro

Um jeito bem divertido de surpreender o parceiro é testanto novos jeitos de apimentar as coisas no relacionamento — e na cama —, certo? Com essa ideia em mente, alguns internautas criaram o desafio dos 30 dias de sexo. O objetivo é fazer sexo todos os dias por um mês inteiro e sempre inovar de alguma forma, como por exemplo, testando uma nova posição sexual a cada dia.

Leia também: 8 posições sexuais para quem quer aproveitar melhor a rapidinha

Testar uma posição sexual diferente é uma opção interessantes para apimentar a relação entre quatro paredes

Testar uma posição sexual diferente é uma opção interessantes para apimentar a relação entre quatro paredes

Foto: shutterstock









Para te ajudar a fazer parte dessa brincadeira, o Delas está sugerindo uma posição sexual diferente por dia, além de muitas ideias para apimentar as coisas na cama. Mas lembre-se: é para ser divertido, então não precisa seguir a ordem e pode começar por onde quiser! O mais importante é que você e seu parceiro estejam confortáveis e curtam esse momento à dois com consentimento, preliminares e, principalmente, proteção! 

Clique aqui para ver todas as posições listadas até agora

Se você consegue aproveitar bastante o sexo com penetração e gosta que o parceiro vá fundo para chegar ao clímax, a nova posição do desafio promete te agradar. Confira: 

15º dia – “Amante da Cleópatra”

Nessa posição, a mulher fica deitada de barriga para cima e com as pernas abertas, apoiando-as nos ombros do parceiro

Nessa posição, a mulher fica deitada de barriga para cima e com as pernas abertas, apoiando-as nos ombros do parceiro

Foto: Renato Munhoz (Arte iG)

Como uma variação da clássica “papai e mamãe”, a pose escolhida para você testar no 15º dia de desafio é a “amante da Cleópatra”. Nela, mulher fica deitada de barriga para cima e com as pernas abertas, apoiando-as nos ombros do parceiro e posicionando os joelhos de forma que eles fiquem próximos ao peito. O parceiro se inclina sobre o corpo dela, mantendo a posição.

Apesar de exigir certo nível de elasticidade, especialmente porque o corpo da mulher fica “dobrado” durante a relação sexual, também permite que a penetração seja mais profunda, especialmente por causa da proximidade dos corpos. 

Para quem ela é boa?

Nessa pose, ele está no controle da situação, porém, o foco maior é no prazer da mulher com a penetração, já que, na maior parte das vezes, os homens conseguem atingir o orgasmo apenas com estimulação do pênis ou com penetração anal. As mulheres, por outro lado, têm a capacidade de chegar ao ápice do prazer de diversas formas.

Entretanto, mesmo com penetração, o orgasmo feminino também depende da posição sexual escolhida, já que existem outros fatores que influenciam esse prazer, como estímulos visuais e o quão profunda é a penetração, por exemplo. Sendo assim, as poses em que o homem tem todo o controle e a mulher fica com as pernas muito abertas, como a “amante da Cleópatra”, favorecem uma penetração mais profunda do que outras e ajudam, e muito, alcançar o orgsmo.

Também é uma ótima posição para estimular o ponto A , também conhecido como AFE (Anterior Fórnix Erótico).  A região onde fica esse ponto é uma espécie de “dobrinha” formada entre o canal vaginal e o início do colo do útero, mas ele não é tão conhecido como o ponto G e sua existência é tão controversa quanto. Porém, existem mulheres que afirmam terem prazer a partir do estímulo dessa “partezinha”. 

Em entrevista anterior ao Delas, o ginecologista e obstetra Élvio Floresti Junior explica que existem algumas posições que costumam agradar mais na hora de estimular essa área, mas isso depende muito da posição em que o útero da mulher está. A pose “amante da Cleópatra”, por exemplo, é melhor para as mulheres que têm o útero antevertido, ou seja, é como se você imaginasse o órgão como uma pêra de cabeça para baixo, e a parte maior da “pêra” é inclinada na direção do umbigo da mulher. 

Leia também: 8 ideias para variar e melhorar a clássica posição sexual “de quatro”

Estímulos extras

Posicionar o travesseiro em lugares estratégicos pode fazer com que você potencialize o orgasmo durante o sexo

Posicionar o travesseiro em lugares estratégicos pode fazer com que você potencialize o orgasmo durante o sexo

Foto: shutterstock


Para ir além da própria posição, você pode usar um travesseiro para potencializar o orgasmo, por exemplo, já que, ao colocar um ou mais travesseiros logo abaixo do quadril da mulher, a abertura da vagina fica maior na hora de abrir as pernas por causa da inclinação do corpo e, principalmente porque a região da vagina fica mais relaxada. E os dois são beneficiados nessa técnica, porque também facilita para ele penetrá-la. 

Além disso, quando ela está deitada de barriga para cima e o parceiro se encaixa por cima, as genitálias ficaram mais próximas, gera mais tesão e também faz com que a penetração seja mais forte, pois permite que o pênis alcance partes da vagina que não consegue normalmente. 

Outra ideia é que o homem incline um pouco a pélvis, para que a região ao redor do pênis estimule a mulher, ou que ela tente usar as mãos para se estimular. Brinquedos eróticos também são bem-vindos para melhorar a experiência. Que tal usar um anel peniano vibratório durante a relação sexual? O acessório deve ser colocado no membro do parceiro de forma que deixe a cápsula vibratória voltada para cima, ou seja, posicionada na direção do clitóris, causando uma sensação muito prazerosa — e até resultando em orgasmos. 

Mesmo que seja o homem no controle do ato sexual, não significa que a parceira também não possa interagir. Ela pode ajudar o parceiro a ditar o ritmo da relação mexendo o corpo junto com ele ou segurá-lo pelos ombros, para aproximar ainda mais os corpos. 

E se você não acha que consegue manter a posição durante todo o ato sexual, fique tranquila. Tente adaptar e variar com poses tradicionais como “papai e mamãe” ou alguma outra que não exija tanta elasticidade do corpo. O mais importante nisso tudo é encontrar um jeito que deixe você e seu parceiro confortáveis para ter um momento prazeroso. 

Leia também: Confira 7 formas de reinventar a conchinha e ter mais prazer no sexo

Tem dúvidas sobre sexo, sexualidade ou alguma posição sexual ? Entre em contato conosco pelo sexo@igcorp.com.br e nós trazemos um especialista para respondê-la com sigilo total!

Comentário estão suspensos.

CLOSE
CLOSE