Por mais representatividade e diversidade, mães criam hijab para bonecas | +ATIVA Por mais representatividade e diversidade, mães criam hijab para bonecas – | +ATIVA

Últimas Notícias

Por mais representatividade e diversidade, mães criam hijab para bonecas

13, maio 2017 | Por Redação

iG Delas

“Quero que crianças de todo o mundo brinquem com as bonecas e quero as crianças americanas familiarizadas com o hijab”, afirma uma das mães

Gisele Fetterman, da cidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, é mãe de uma garota de cinco anos e sempre se preocupou que as bonecas da filha tivessem representatividade e diversidade, mostrando para a menina a pluralidade que existe no mundo. Quando a garota começou a usar óculos, por exemplo, Gisele fez questão de presenteá-la com uma boneca que também usasse o acessório para que ela se reconhecesse ali.

Leia também: Menina de dois anos escolhe boneca negra e dá lição contra o racismo 

Por representatividade e diversidade, as mães muçulmanas e criaram o projeto 'Hello Hijab'

Por representatividade e diversidade, as mães muçulmanas e criaram o projeto ‘Hello Hijab’

Foto: Reprodução/Instagram forgoodpgh

No entanto, a mãe percebeu que, mesmo atenta à questão da representatividade, ainda faltava algo nas bonecas da filha: o hijab. Como são de origem muçulmana, o uso do véu é extremamente importante para elas e fazia todo o sentido que as bonecas da filha usassem o hijab assim como elas. 

Gisele levou a questão à amiga Safaa Bokhar, também muçulmana e mãe de uma garota e, juntas, elas tiveram a ideia de criar véus para as bonecas. Para colocar a ideia em prática de melhor forma, as amigas procuraram uma costureira em Pittsburgh que também fosse muçulmana e pudesse confeccionar os mini hijabs. Quando finalmente conseguiram, Gisale e Safaa criaram o projeto “Hello Hijab”, que promove a diversidade e tem o objetivo de educar crianças sobre o véu tradicional. 

Leia também: Boneca é criada para retratar a realidade da mulher que está amamentando

O projeto 

“A ideia do projeto é fazer com que pessoas se acostumem com o hijab”, explica Safaa em entrevista ao site “The Huffington Post”. Como elas moram em um país onde o véu não faz parte da tradição cultural, usá-lo pode ser algo muito difícil quando as pessoas ainda não estão familiarizadas com aquilo.

Para apresentar o hijab às crianças e famílias que não conhecem a tradição muçulmana, as idealizadoras do projeto apresentam um cartão educativo junto com a boneca, explicando porque as mulheres muçulmanas usam o véu e relatando a importância de celebrar a diversidade do mundo.   

“Queríamos encontrar uma maneira gentil de alcançar as crianças”, diz Safaa. Ela acredita que, dessa forma, o projeto contribui para criar uma geração mais gentil e tolerante com as diferenças. “Crianças brincando com o hijab podem tornar ele algo usual, e isso fará diferença no futuro”, completa.

Dessa forma, as amigas acreditam que será mais fácil para as filhas usarem o véu no futuro. “Não será um problema para minha filha se ela quiser usar o hijab, não será considerado algo estranho”, conta Safaa.  

Leia também: Garota que não tem perna ganha boneca com prótese igual à dela

A representatividade da cultura é importante para que crianças de todo o mundo se familiarizem com o que é diferente. “Quero que crianças de todo o mundo brinquem com as bonecas e quero as crianças americanas familiarizadas com o hijab”, finaliza Gisele.

Comentário estão suspensos.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
CLOSE
CLOSE