Exercícios físicos ajudam a prevenir a osteoporose | +ATIVA Exercícios físicos ajudam a prevenir a osteoporose – | +ATIVA

Últimas Notícias

Exercícios físicos ajudam a prevenir a osteoporose

31, outubro 2016 | Por Redação

Hoje, 20 de outubro, é considerado o Dia Mundial da Osteoporose. A doença, caracterizada perda de massa óssea, se desenvolve de forma imperceptível, e praticamente sem sintomas. Normalmente, ela é identificada apenas após a pessoa sofrer um tipo de fratura na coluna, no pulso, no quadril ou no fêmur (onde é mais grave).

Como prevenir a osteoporose

Segundo o fisioterapeuta Helder Montenegro, diretor do Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral, a melhor forma de prevenção desta doença, assim como em várias outras, é a prática regular de exercícios. Isso porque atividades como a corrida e a musculação são fundamentais para qualificar a estrutura óssea. “A atividade física deve ser feita de maneira preventiva. O ideal é que se privilegiem exercícios funcionais e com impacto, que estimulem a contração muscular e, portanto, a regeneração óssea”, elucida.

O especialista explica que a prática de exercícios na água, como a hidroginástica e a natação, ou mesmo aqueles realizados em bicicleta, não traz os benefícios observados em outras modalidades. Por essa razão, as melhores opções para prevenir a osteoporose são os que sejam de impacto, como: caminhar, correr, dançar, jogar tênis, ou praticar algum esporte coletivo como o futebol, o basquete e o voleibol.

No entanto, para quem tem dificuldades ou não pode praticar atividades de impacto, o médico recomenda o pilates e a fisioterapia como alternativas ideais: “No método Pilates, quase todos os exercícios promovem a tensão e estimulam o aumento da massa óssea, sem apresentar quase nenhuma contraindicação. Essa é uma prática indicada para pessoas de todas as idades, com osteoporose ou não. Já na fisioterapia, fazemos exercícios de propriocepção, que trabalham com a neurologia muscular e articular. São atividades simples, que estimulam o equilíbrio e trabalham os músculos laterais”, explica Montenegro.

No entanto, é fundamental que antes de se iniciar a prática de qualquer atividade física, seja feita uma avaliação médica, especialmente nos casos de quem sofre de osteoporose. Apenas após a realização de exames, o médico poderá indicar o melhor tipo de exercício, a frequência e a intensidade para realizá-lo.

Embora a osteoporose seja uma doença silenciosa, o fisioterapeuta alerta que alguns sinais podem ajudar em seu diagnóstico:

Diminuição da largura dos passos
Falta de equilíbrio ao andar
Enfraquecimento do aperto de mão
Dor ou sensibilidade óssea
Diminuição de estatura com o passar do tempo
Dor na região lombar devido a fraturas dos ossos da coluna vertebral
Dor no pescoço devido a fraturas dos ossos da coluna vertebral
Postura encurvada ou cifótica

Vale lembrar sempre que no caso de suspeita de osteoporose um acompanhamento médico é indispensável. Através da realização de exames específicos que é possível detectar a doença e fazer o tratamento mais adequado. Caso conheça alguém que apresente algum desses sinais, não deixe de levar ao especialista!

Para saber mais sobre dicas de saúde, não deixe de acompanhar o Vivo Mais Saudável.

Comentário estão suspensos.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
CLOSE
CLOSE